O Ministério Público de Santa Catarina utiliza cookies para gerar informações estatísticas de visitação, aperfeiçoar a experiência do usuário e prestar os serviços online.
Respeitando seu direito à privacidade, em breve você poderá fazer a gestão dos cookies por ferramenta própria disponível no site.
Até a implementação da ferramenta, você poderá optar por impedir/modificar esse tratamento por meio das configurações do seu navegador.



A Justiça atendeu ao pedido do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) e condenou quatro pessoas por tráfico de drogas e associação para o tráfico em Seara. Dois réus também foram sentenciados pelos crimes de receptação e posse de arma de fogo e munições. As penas aplicadas variam de 17 a 34 anos de reclusão, em regime inicial fechado.   

De acordo com a denúncia, a associação entre os réus para a prática do tráfico de drogas, de cunho familiar, teve início após a prisão em flagrante de outro envolvido. O objetivo era dar continuidade ao tráfico.  

Drogas apreendidas   

De acordo com o processo, os réus foram presos em flagrante em 26 de maio deste ano. Com eles, foram apreendidas diversas porções de maconha, cocaína, cristal e comprimidos de ecstasy. Ainda foram apreendidos mais de R$ 1,5 mil em espécie.   

Receptação e posse de arma de fogo e munições 

Dois dos réus também foram condenados por posse de arma de fogo e munições. Eles mantiveram em suas posses uma pistola, além de 14 munições, sem registro e autorização. 

Ambos também foram sentenciados por receptação. Conforme a peça acusatória, eles receberam e ocultaram a arma que sabiam ser produto de um crime anterior.  

Recurso 

Cabe apelação da sentença.