O Ministério Público de Santa Catarina utiliza cookies para gerar informações estatísticas de visitação, aperfeiçoar a experiência do usuário e prestar os serviços online.
Respeitando seu direito à privacidade, em breve você poderá fazer a gestão dos cookies por ferramenta própria disponível no site.
Até a implementação da ferramenta, você poderá optar por impedir/modificar esse tratamento por meio das configurações do seu navegador.



PostO Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) recebeu, nesta sexta-feira (18/11), os resultados da etapa quantitativa da pesquisa de imagem institucional. A Unifel Educação e Tecnologia Corporativa, empresa responsável pelo estudo, repassou à equipe técnica do MPSC os dados que correspondem às 1.867 respostas coletadas durante a aplicação no questionário, que esteve aberto entre 27 de setembro e 28 de outubro. Do total de participantes, 1.225 foram entrevistados presencialmente e 642 responderam on-line.

Os resultados contêm diversas informações sobre a percepção que a sociedade catarinense tem do MPSC, o que os cidadãos pensam e conhecem da instituição. Esses indicadores foram discutidos entre os integrantes da equipe técnica, que também fizeram sugestões e sanaram dúvidas com os representantes da Unifel. Assessor na Subprocuradoria-Geral de Justiça para Assuntos Institucionais, o Promotor de Justiça Felipe Prazeres Salum Müller comentou os primeiros resultados da pesquisa. "Os resultados serão balizadores para verificar se a imagem do MPSC percebida pela população se aproxima do posicionamento estratégico da instituição. Os primeiros resultados já apontam indicadores interessantes sobre nossa atuação"avaliou.    

Os dados quantitativos agora vão ser correlacionados com os resultados obtidos na etapa qualitativa da pesquisa, realizada no mês de julho, quando grupos de representantes da sociedade civil, dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, da imprensa e de outras categorias definidas pelo Ministério Público foram ouvidos em grupos focais. 

Depois disso, os dados finais obtidos na pesquisa de imagem vão ser comparados com os resultados de um estudo semelhante que o MPSC realizou em 2012 e apresentados à Administração Superior da instituição. A proposta é compreender como a percepção da sociedade catarinense sobre o Ministério Público se transformou nessa década e indicar caminhos para as futuras ações institucionais.