O Ministério Público de Santa Catarina utiliza cookies para gerar informações estatísticas de visitação, aperfeiçoar a experiência do usuário e prestar os serviços online.
Respeitando seu direito à privacidade, em breve você poderá fazer a gestão dos cookies por ferramenta própria disponível no site.
Até a implementação da ferramenta, você poderá optar por impedir/modificar esse tratamento por meio das configurações do seu navegador.



Post

Nesta quinta-feira, 10 de março, foi realizada a abertura da I Reunião Ordinária de 2022 do Grupo Nacional de Combate às Organizações Criminosas (GNCOC). Vinculado ao Conselho Nacional dos Procuradores-Gerais de Justiça, o GNCOC, é formado pelos Grupos de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (GAECOs) dos ministérios públicos estaduais e da União e tem por objetivo combater as organizações criminosas e atuar em investigações de combate aos crimes tributários, lavagem de dinheiro, tráfico e crimes cibernéticos.  

O evento, também alusivo aos 20 anos de criação do Grupo, aconteceu na sede do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT). Pelo MPSC, participaram da reunião o Procurador-Geral de Justiça do Ministério Público de Santa Catarina, Fernando da Silva Comin, que também é o vice-Presidente do CNPG para a região Sul, e Coordenador do CAT e CISI, Promotor de Justiça Márcio Conti Júnior, a Coordenadora estadual do Grupo Anticorrupção (GEAC), Promotora de Justiça Marina Modesto, e o Coordenador Adjunto do GAECO, Promotor de Justiça Márcio Cota.

Post
A presidente do GNCOC, Janaína Carneiro, falou em seu discurso sobre a busca permanente da aplicação da Lei. "Nosso limite de atuação sempre deve ser a Lei: nem mais e nem menos. Temos visto, de norte a sul do Brasil, a atuação forte dos GAECOs e das forças tarefas dos Ministérios Públicos. Me uno a vocês no desejo incansável por mudanças no cenário político-social desse país. Nós somos a mudança que desejamos que ocorra na sociedade", ressaltou a presidente do GNCOC.   

A programação conta com palestras e grupos de trabalho que visam a uniformização e fortalecimento de ações de combate ao crime organizado em âmbito nacional.   

Para Ivana Cei, Presidente do CNPG, a realização do evento é uma satisfação e honra. "O GNCOC está proporcionando interação entre todos os GAECOs e sabemos o quanto isso é importante para o Ministério Público brasileiro", finalizou a presidente. 

Post

Participaram também do evento Procuradores-Gerais de Justiça e membros de vários MPs estaduais, conselheiros do Conselho Nacional do Ministério Público e representantes de órgãos de segurança pública nas esferas estadual e federal.   

A mesa de abertura da solenidade foi composta pela pela Presidente do GNCOC e Procuradora-Geral de Justiça do Ministério Público de Roraima (MPRR), Janaína Carneiro Costa, pela Presidente do Conselho Nacional dos Procuradores-Gerais de Justiça (CNPG), Ivana Cei, a Procuradora-Geral de Justiça do MPDFT, Fabiana Costa Oliveira Barreto, pelo Vice-Procurador-Geral da República, Humberto Jacques de Medeiros, o Ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, o Presidente do Superior Tribunal de Justiça, Ministro Humberto Martins, pelo Governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, o Ouvidor Nacional do Ministério Público, Conselheiro Engels Augusto Muniz, pelo Procurador-Geral do Trabalho, José de Lima Ramos Pereira, pelo Presidente da CONAMP, Manoel Murrieta, pela Coordenadora da Escola do GNCOC, a Procuradora de Justiça do MPDFT, Arinda Fernandes, e pelo Corregedor-Geral do MPRR, Alessandro Tramujas Assad.