O Ministério Público de Santa Catarina utiliza cookies para gerar informações estatísticas de visitação, aperfeiçoar a experiência do usuário e prestar os serviços online.
Respeitando seu direito à privacidade, em breve você poderá fazer a gestão dos cookies por ferramenta própria disponível no site.
Até a implementação da ferramenta, você poderá optar por impedir/modificar esse tratamento por meio das configurações do seu navegador.



A Promotoria de Justiça da Comarca de Urubici denunciou um homem por tentativa de homicídio contra um desafeto. O crime aconteceu na noite de 30 de outubro deste ano, na avenida Adolfo Konder. A câmera de videomonitoramento de um estabelecimento comercial registrou toda a ação e as imagens circularam nas redes sociais.

O vídeo mostra a vítima deitada no asfalto, sendo chutada e pisoteada na cabeça várias vezes. As agressões pararam graças à intervenção de um motorista que passava pelo local. Os golpes provocaram fraturas nos ossos da face e a perda de dentes da vítma.

"O homicídio apenas não se consumou por circunstâncias alheias à vontade do acusado, porque ele foi interrompido pela aproximação de um homem, que parou seu carro em frente à vítima e foi em sua direção para prestar socorro, impedindo-o de continuar a ação delitiva", narra a denúncia do MPSC.

O réu está preso desde o dia do crime, e a Promotora de Justiça Aline Restel Trennepohl pretende levá-lo ao Tribunal do Júri. "Esse homem cometeu um atentado contra a vida, e o desejo da população de Urubici é que ele sente no banco dos réus e seja julgado pelos seus atos".